TRF2 recebe crianças do projeto social Lutando por Vidas*



Publicado

Autor

Luísa Borges Pontes

Fotos

Divulgação

Data de Publicação

02/08/2017

Facebook

Twitter


Um grupo de 40 crianças participantes do projeto social “Instituto Brasileiro Lutando por Vidas” (LPV) esteve na tarde da última segunda-feira, 31/7, conhecendo um pouco do funcionamento do TRF2. O projeto foi criado pelo campeão de kick boxing Jorge Turco e tem por objetivo a inclusão social de jovens por meio do esporte. A visita foi organizada pelo supervisor do Centro de Atendimento Itinerante da Justiça Federal (CAIJF) da 2ª Região, juiz federal Vladimir Vitovsky, com o apoio da Assessoria de Relações Públicas e Cerimonial (AREP) do Tribunal.

O juiz federal e presidente da Associação dos Juízes Federais do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Ajuferjes), Fabrício Fernandes de Castro, recepcionou e conduziu os convidados até o 3º andar, contando histórias e curiosidades do Tribunal, além de mostrar a Galeria de Retratos dos desembargadores federais e presidentes da Corte.

Em seguida, o magistrado levou os jovens até o Auditório do Tribunal, juntando-se a ele o presidente do TRF2, desembargador federal André Fontes, e os juízes federais Vladimir Vitovsky e Wilson Witzel. O presidente do TRF2 enalteceu a importância do trabalho desenvolvido por Jorge Turco, citando o Centro Cultural Justiça Federal (CCJF) como um espaço aberto para a recepção desse e de outros projetos. “Acredito que essa iniciativa seja a primeira de muitas. O Lutando por Vidas pode esperar encontrar aqui em qualquer ocasião um ambiente de solidariedade, amizade e reconhecimento”, afirmou. Jorge Turco agradeceu o acolhimento e destacou a importância do projeto ao resgatar as crianças das comunidades de risco, apresentando outras perspectivas de vida.

Já Wilson Witzel citou sua experiência de vida para afirmar às crianças que com estudo é possível superar as dificuldades. “Apenas com estudo vocês poderão garantir o futuro”, ressaltou o juiz federal. Na sequência, Vladimir Vitovsky proferiu uma palestra no Auditório do Tribunal, falando sobre a estrutura da Justiça Federal, suas competências e sua diferença em relação à Justiça Estadual e às justiças especializadas.

Por fim, as crianças do “Instituto Brasileiro Lutando por Vidas” conheceram o Plenário do TRF2, onde tiveram a oportunidade de participar de uma audiência simulada com o magistrado Fabrício Fernandes. O encerramento da visita ocorreu na Biblioteca, onde o grupo foi recepcionado pela coordenadora Débora Cordeiro. Primeiramente, a servidora deu as boas-vindas e, na sequência, apresentou a equipe de trabalho que compõe a unidade. Além disso, a coordenadora mostrou as dependências do setor, assim como falou um pouco sobre as atividades e a rotina de trabalho. Na ocasião, as crianças também puderam ouvir duas histórias infantis contadas pela servidora Maria da Glória Horta na Sala de Leitura.

*Do site do TRF2