LANÇAMENTO DO 6º PRÊMIO AMAERJ PATRÍCIA ACIOLI DE DIREITOS HUMANOS SERÁ NO DIA 7 DE AGOSTO DE 2017



Publicado

Autor

Luísa Borges Pontes

Fotos

Divulgação/AMAERJ

Data de Publicação

31/07/2017 00:00:00

Facebook

Twitter


Os magistrados do Rio de Janeiro lançam na próxima segunda-feira (7), às 18h, o 6º Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos. A cerimônia será no Auditório José Navega Cretton, da Corregedoria Geral da Justiça (Rua Dom Manuel, s/n, 7º andar, Lâmina 1, Fórum Central).

O prazo de participação no concurso nacional vai até 16 de setembro, pelo site www.amaerj.org.br/premio. A premiação tem quatro categorias: Trabalhos Acadêmicos, Práticas Humanísticas, Trabalhos dos Magistrados e Reportagens Jornalísticas, com o tema “Direitos Humanos e Cidadania”.

A premiação será em 6 de novembro, no Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

Criado em 2012, o Prêmio homenageia a memória da juíza do Estado do Rio de Janeiro Patrícia Acioli, da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, morta em 2011, em Niterói, por policiais militares.

 

Os magistrados do Rio de Janeiro lançam na próxima segunda-feira (7), às 18h, o 6º Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos. A cerimônia será no Auditório José Navega Cretton, da Corregedoria Geral da Justiça (Rua Dom Manuel, s/n, 7º andar, Lâmina 1, Fórum Central).

O prazo de participação no concurso nacional vai até 16 de setembro, pelo site www.amaerj.org.br/premio. A premiação tem quatro categorias: Trabalhos Acadêmicos, Práticas Humanísticas, Trabalhos dos Magistrados e Reportagens Jornalísticas, com o tema “Direitos Humanos e Cidadania”.

A premiação será em 6 de novembro, no Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

Criado em 2012, o Prêmio homenageia a memória da juíza do Estado do Rio de Janeiro Patrícia Acioli, da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, morta em 2011, em Niterói, por policiais militares.